não derrubando nada em Londres com o Sepultura — a saga segue em versão internacional

Mentira.
Não tinha nada pra derrubar em Londres com o Sepultura — mas só porque eu não subi no palco.

Fotografei do pit da KOKO, uma (hoje) casa de shows aberta como teatro em 1900. 

De lá pra cá, o prédio em Camden Town teve um monte de nome e um monte de função e abrigou bandinhas fuleiras tipo The Clash e Rolling Stones (com direito a disco ao vivo), foi palco pro primeiro show da Madonna no Reino Unido, e o Bon Scott foi visto na área enchendo a cara — pela última vez. A Disney também usou o lugar pra fazer um Hannah Montana Live in London mas essa parte a gente vai deixar aqui no final do parágrafo porque ninguém vai ler mesmo.

A última (única) vez em que eu tinha fotografado com limite de três músicas foi no Lollapalooza de 2015* então eu tava desacostumada (sou inexperiente) e confesso que queria pelo menos mais 10 minutos por ali, mas fiquei satisfeita com o resultado. 

*essas fotos do Lolla eu vou colocar aqui um dia — não tem porquê falar "em breve" já que três anos se passaram né.

lá fora -1ºC e neve...